Quando é a volta de Jesus? E o que é Preterismo?

Crédito Imagem: °°°Marck V. Fernandes...



Preterismo é uma metodologia inventada de interpretação da Bíblia que diz que os acontecimentos do livro do Apocalipse já ocorreram, assim como as profecias relacionadas em Mateus e em outros livros


O problema da Exegese Preterista é que ela ignora que a Bíblia forma uma coisa só.
Tentar colocar cada livro da Bíblia à sua época,  e assim alegorizar suas porções proféticas, é um erro grave!


A proclamação da vinda do Messias sempre teve um caráter de urgência, por isso os apóstolos pregavam como se Jesus tivesse já próximo àquela época. mas os sinais claros também foram colocados, e um deles pode ser visto claramente em Mateus cap 24.

O relógio começou a correr pra valer em 19 de novembro de 1947, com a votação da criação de Israel pela ONU.

Em Mateus cap 24, Jesus mostra sinais de quando será a sua volta na parábola da Figueira.

Também tem o fato de que eventos narrados em apocalipse, claramente ainda não aconteceram.


No Antigo e Novo Testamento, a Figueira é usada para representar a Nâção de Israel, veja abaixo o versículo de Mateus cap.24:


“Aprendei, pois, {esta} parábola da figueira: quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas essas coisas, sabei que ele está próximo, às portas Em verdade vos digo que não passará esta geração, sem que todas essas coisas aconteçam." (Mateus 24:32-34)

Clara referência da figueira representando Israel:

Oséias 9:10: "Achei a Israel como uvas no deserto, vi a vossos pais como a fruta temporã da figueira no seu princípio"

ramada da Figueira se estende em todas as direções e tem folhas com cinco pontas". Israel se tornou salvação para todos os povos. O Evangelho foi anunciado primeiramente em Jerusalém, Samaria e Judéia, mas depois, partindo de Israel (figueira), – para todas as direções, para todos os povos.


Israel com seu Filho maior, Jesus Cristo. A figueira Israel, em conexão com Jesus, o Messias, tornou-se a salvação para o mundo.


Fica claro aí é que a restauração de Israel indica a proximidade do retorno de Jesus, mas o dia exato ninguém sabe, o próprio Jesus diz que só o Pai sabe. A geração indica que somos essa geração, a que vive no período da restauração de israel, a partir de 47/48..


Esse entendimento é aceito entre vários  estudiosos cristãos, e ao analisar os textos biblicos (já que não podemos aceitar cegamente o que alguém fala) vejo que faz total sentido.

Dúvida:

Você quer que a Jerusalém Terrena herde as promessas? Então você não pode herdar! Pois de maneira alguma a escrava pode herdar com a livre. Ou é uma ou é outra. "

Resposta:

Deus não abandonou Jerusalém, hoje os cristãos tem a missão de evangeiliza-la, pessoas tem se convertido a Jesus por lá, mas a maioria dos judeus só cairão na real na vinda de Cristo. O que Jesus deixou claro é que a missão não seria mais de israel, e sim da Igreja, que é todo aquele convertido, porém Deus tem um plano para Israel, afinal, existe a promessa abraãmica ( veja aqui um resumo da história de Israel, com seu passado, presente e futuro), Jerusalém será capital do governo de Jesus (milênio) na Terra. 


E a destruição do Templo? ocorreu naquela época!

Jesus em Mateus, fala de dois assuntos,  fala sobre a a destruição do templo e da sua vinda, que são coisas diferentes!

A vinda de Jesus está ligada à parábola, o próprio Jesus disse para lembramos da parábola.


A Geração é de 70 ou 80  anos?


Muita gente afirma que é de 70 anos, tentam fazer esse cálculo se baseando no salmo 90.10:

Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando. 
Salmos 90:10 

Logo mais o autor do Salmo diz isso:

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. 
Salmos 90:12

Se formos ler todo o capítulo, veremos que fala que nosso tempo é muito passageiro diante de Deus, e que após os 70, o auge da vida já passou, porém podemos encontrar conforto em Deus passando daquela idade. O versículo não traz nenhum cálculo de que a morte chega exatamente aos 70, pelo contrário, ele diz que pode passar.

Seres humanos podem durar até mais de 100 anos, então não adianta tentar acertar o cálculo exato que Deus está usando, pode ser até que o último remanescente da geração da data do nascimento de Israel esteja vivo, aí é o fim de uma geração, mas o dia exato não é informado.


Conclusão:

O Preterismo não tem fundamento, pois ignora a conexão entre os livros ( a Bíblia toda é interligada), ignorando isso acabam destruindo as porções proféticas da Bíblia.

Vários livros abordam em alguns capítulos o fim dos dias, o qual podemos constatar que o Preterismo não faz nenhum sentido, na sua tentativa de condicionar os eventos apresentados ao passado.

E uma coisa é certa, se fizermos uma comparação racional, sabendo que Jesus levou 4 mil anos para vir a terra, e Ele morreu e ressuscitou a pouco mais de 2 mil anos, vamos concluir que Ele não tem demorado, como alguns acusam.


IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF