Devemos sempre pedir direção à Deus?

Crédito imagem: Elvert Barnes
Importância do estudo bíblico.

"E, se clamares por inteligência, e por entendimento alçares a voz, se buscares a sabedoria como a prata e como a tesouros escondidos a procurares, então, entenderás o temor do SENHOR e acharás o conhecimento de Deus. Porque o SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligência e o entendimento.Provérbios 2:3-6


Na Bíblia, Ló, o sobrinho de Abraão(que viveu antes de Moisés e da formação das Escrituras), acabou sendo capturado pelo inimigo, pois escolheu viver numa terra que ele achou que fosse boa (Gn 13:10,11), mas ela ficava no meio de um povo perverso (Gn 13:13). Ele escolheu o que achou ser melhor, em vez do que era o melhor de Deus. Quantas vezes as pessoas não saem da cobertura de proteção divina e desviam-se do melhor que ele tem, tudo porque escolheram o que elas acharam melhor para sua vida? 


Todos nós passamos por isso no tempo da ignorância, e ainda passamos, se não vigiarmos. 


Discernimento no espírito Vs homem natural

Crédito imagem:  Jacob.Paul
O homem natural (1 Co 2:14) é aquela pessoa que não dá importância para a Revelação de Deus, ou seja, não aceita os ensinamentos vindos do Espírito de Deus (lembre-se que as Escrituras foram inspiradas por Deus).Muitas pessoas pedem uma resposta e esquecem que ela já foi dada a nós:

"Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;" 2 Timóteo 3:16

Hoje temos como guia de fé um volume de documentação (Bíblia) com toda informação que necessitamos, que junta informações e revelações necessárias de vários profetas de Deus até os discípulos de Jesus do século 1.

O SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligência e o entendimento, logo, ao ler a bíblia estamos em busca de conhecimento vindo de Deus, temos que ter uma preocupação em estudar seu conteúdo, as Escrituras são Deus falando conosco, não adianta esperar que Deus mande anjos para falar pessoalmente com você, ou por outros meios, pois já foi dito que as Escrituras tem tudo que necessitamos para aplicarmos a nossa vida:

Discernir o certo do errado, ter bom juízo, ser capaz de perceber quando você está se aproximando da beirada. 

Sem ler as Escrituras detalhadamente estamos arriscados a fazer orações tolas, ter uma comunhão fraca! E mesmo em caso de supostas Revelações vindas de outros crentes, como vamos identificar se realmente vem de Deus? Filtrando pelas Escrituras, é claro. É importante conhecer toda a mensagem que ele nos deixou, todo o trato dele com a humanidade, para saber o que falamos e assim conquistarmos uma comunhão verdadeira com o Senhor.

As Escrituras são leituras para vida toda (procure colocar a leitura da bíblia na sua rotina de vida), pois numa nova leitura, algumas coisas que passaram despercebidas na leitura anterior vem à tona na leitura atual. Preocupe-se em ter zelo com esse grande tesouro de Deus para a humanidade, fazendo anotações e estudando com afinco, afinal, você não quer uma direção de Deus? Pois então!

Em busca da sabedoria divina

Crédito imagem: LIZ


Passe tempo com a Palavra de Deus. "Filho meu, se aceitares as minhas palavras e esconderes contigo os meus mandamentos, para fazeres atento a sabedoria o teu ouvido e para inclinares o coração ao entendimento [...] então, entenderás o temor do SENHOR e acharás o conhecimento de Deus" (Provérbios 2:1,2,5). 

Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminhoSalmos 119:105

O cristão tem que ter interesse em buscar a sabedoria. Um cristão com sabedoria tem bom senso bíblico, ou seja ele não só conhece a palavra de Deus, mas sabe aplicá-la no dia dia em sua vida.

A sabedoria é o bom uso do conhecimento acumulado, em Tiago 1:5, o apóstolo convoca pessoas que tem falta de sabedoria, ou seja, estão falhando em viver com alegria no Senhor em meio às provas e tentações, a exercerem convicção em Deus.

 Reconheça o Senhor em todas as coisas. "Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas" (Pv 3:6). 

Ande em reverência a Deus. "O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria" (Pv 9:10). 

 Valorize a sabedoria acima de tudo. "Adquire a sabedoria, adquire o entendimento e não te esqueças das palavras da minha boca, nem delas te apartes. Não desampares a sabedoria, e ela te guardará; ama-a, e ela te protegerá" (Pv 4:5,6). 

 Ande em obediência. "Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos; é escudo para os que caminham na sinceridade" (Pv 2:7). 

Seja humilde. "Em vindo a soberba, sobrevém a desonra, mas com os humildes está a sabedoria" (Pv 11:2). 

Ame o seu próximo. "O que despreza o próximo é falto de senso, mas o homem prudente, este se cala" (Pv 11:12). 

 Busque a sabedoria de Deus e não a do mundo(falsos ensinamentos anti-biblicos). "Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção" (1 Co 1:30). "Porventura, não tornou Deus louca a sabedoria do mundo? Visto como, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por sua própria sabedoria, aprouve a Deus salvar os que creem pela loucura da pregação" (1 Co 1:20,21).


Conclusão: Não adianta pedirmos que a inteligencia ou sabedoria caia do céu direto nas nossas cabeças. Deus, através de sua Revelação (concluída com Jesus), já nos deu sabedoria para tomarmos decisões relacionadas a qualquer assunto, cabe a nós buscarmos. 

E como se faz isso? 

Leitura contínua dos dois Testamentos, onde uma infinidade de situações foram documentadas, justamente para o nosso aprendizado!

5 dicas para entender a bíblia:



IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF