A Bíblia é confiável? A Bíblia foi adulterada?

Crédito Imagem: BYU Donald Parry

PARTE 1 - Acusação: Bíblia não é confiável, ela foi adulterada durante vários anos.

A arqueologia, através dos pergaminhos e manuscritos encontrados, mostra que o conteúdo da Bíblia vem se mantendo o mesmo por um longo período de tempo. Achados de 2 mil anos atrás, como o livro de Isaias nos manuscritos do Mar Morto, possuem praticamente o mesmo conteúdo da Bíblia atual,assim como partes do Novo Testamento encontradas, correspondem ao conteúdo atual da Bíblia.

Página de Códex Beratinus (Wikimedia)
 Essa perfeita transmissão entre as cópias por quase dois mil anos, não deixam dúvidas que a primeira cópia também foi fiel ao documento original. As variações nas palavras decorrentes das traduções são normais e não chegam a comprometer a mensagem bíblica, pois como a Bíblia  é toda interligada, a mesma mensagem pode ser confirmada em vários outros livros que fazem parte dela.

Hoje com a internet é possível consultar cópias antigas das escrituras e observar que livros do Evangelho em códices de mais de mil anos possuem a mesma mensagem da Bíblia, que qualquer um tem em casa, isso torna a Bíblia totalmente confiável contra as acusações de adulterações em seu conteúdo. Abaixo, o Codex Sinaiticus digitalizado:


________________________________________________________________________


PARTE 2 - A acusação vira contra o acusador.


Outra acusação frequente é que alguns livros de profetas bíblicos não foram escritos por um único autor,ou seja, pelo Profeta que leva o nome do livro, mas sim por várias pessoas diferentes se passando pela mesma pessoa, um  exemplo já clássico disso é o livro de Isaías, que alguns supostos eruditos dizem ter sido escrito por três pessoas diferentes em épocas diferentes, isso é feito com claro intuito de refutar as Profecias, já que assim não teria profecia, e sim apenas uma pessoa escrevendo no momento em que os fatos aconteciam.

O argumento utilizado pela acusação é o de que algumas palavras utilizadas no ínicio do livro são abandonadas posteriormente, porém, isso não quer dizer nada, pois existem sim uso frequente de uma mesma expressão durante todo o livro, fazendo com que o argumento utilizado pela  acusação sirva justamente para refuta-la, veja abaixo.


O uso de expressões próprias (“Santo de Israel” aparece 12 vezes nos capítulos 1 a 39 e 13 vezes do 40 ao 66. No restante do Antigo Testamento (AT) aparece apenas seis vezes. “O Poderoso de Israel” aparece em Isaías 1:24 e no “Deutero” 49:26 [“Poderoso de Jacó”]).

Exemplo:

"E acontecerá naquele dia que os restantes de Israel, e os que tiverem escapado da casa de Jacó, nunca mais se estribarão sobre aquele que os feriu; antes estribar-se-ão verdadeiramente sobre o SENHOR, o Santo de Israel. "
Isaías 10:20 

"Naquele dia atentará o homem para o seu Criador, e os seus olhos olharão para o Santo de Israel."
Isaías 17:7 

"Assim diz o SENHOR, o Redentor de Israel, o seu Santo, à alma desprezada, ao que a nação abomina, ao servo dos que dominam: Os reis o verão, e se levantarão, como também os príncipes, e eles diante de ti se inclinarão, por amor do SENHOR, que é fiel, e do Santo de Israel, que te escolheu." 
Isaías 49:

"Também virão a ti, inclinando-se, os filhos dos que te oprimiram; e prostrar-se-ão às plantas dos teus pés todos os que te desprezaram; e chamar-te-ão a cidade do SENHOR, a Sião do Santo de Israel." Isaias 60.1


E um detalhe,a tradição judaica sempre reconheceu o profeta Isaías como autor do livro de Isaías.

________________________________________________________________________

PARTE 3 -  O livro de Isaias trata de temas diferentes por isso foi escrito por vários autores.


Resposta:

Do ínicio ao fim é possível ver espalhados pelo  livro de Isaías  profecias relacionados a acontecimentos que envolvem Jesus, não é à toa, que ele é um dos profetas mais citados no evangelho, mais uma vez mostrando unidade e um tema sempre frequente nos livros, refutando as acusações de céticos:

Alguns exemplos:


Is 7:14 S "A virgem conceberá e dará à luz um filho, e lhe chamará Emanuel" (Cumprimento: Mateus 1:18-23).
Is 8:14 S "Ele . . . será pedra de tropeço e rocha de ofensa" (Cumprimento:  Romanos 9:31-33).
Is 28:16 S "Eis que eu assentei em Sião uma pedra, pedra já provada, pedra preciosa, angular, solidamente assentada" (Cumprimento:  1 Pedro 2:6-8; 1 Coríntios 3:11).
Is 22:22 S "Porei sobre o seu ombro a chave da casa de Davi" (Cumprimento:  Apocalipse 3:7; Lucas 1:31-33).
Is 35:5,6 S "Se abrirão os olhos dos cegos" (Cumprimento:  Mateus 11:5).
Is 53:5,6 S "Pelas suas pisaduras fomos sarados" (Cumprimento:  1 Pedro 2:24-25).
Is 53:9 S "Designaram-lhe a sepultura com os perversos, mas com o rico esteve na sua morte" (Cumprimento:  Mateus 27:57-60).
Is 53:12 S "Foi contado com os transgressores" (Cumprimento:  Marcos 15:27-28).
Is  25:8 S "Tragará a morte para sempre" (Cumprimento:  Lucas 24; 1 Coríntios 15:54).

__|____________________________________________________________________

PARTE 4-  Outra acusação, a de que há intervalos de tempo na narrativa do livro, mas isso é facilmente explicado,as profecias foram feitas ao longo da vida do profeta, obviamente ele narrou os fatos  que ocorreriam na sua época, assim como eventos futuros,profecias com intervalo maior de tempo de quando já estivesse morto. Isaias faz profecias de várias épocas, que vão do seu tempo,passando pela época de Jesus e o Milênio.


________________________________________________________________________________


PARTE 5- Mais uma enxurrada de acusações, vou listar cada uma delas e as respostas logo abaixo:


a-) Edição Sixtina

Erros de tradução e imprecisão textual especificos da igreja católica na época, não tem nada a ver com adulterações ou teorias conspiratórias de modificações das Escrituras judaicas, que colocariam em xeque a fidelidade bíblica, que hoje já é bem comprovada.

b) Comma Johanneum


Vários manuscritos e códices apresentam os versiculos completos, e a unidade composta defendida pela idéia da trindade pode ser verificada em outros versiculos, portanto a teoria de adulteração cai por terra.

c) Passagem da adúltera



A passagem da adultera tem em vários manuscritos antigos, e essa passagem não altera em nada a mensagem de Cristo, caindo tbm por terra a motivação de uma adulteração ou teoria da conspiração.

Veja aqui, mais informações porque essa passagem não é acréscimo:





d) Versículos 9 até 20 do capítulo 16 de Marcos.


Códices foram escritos em várias regiões usando  fontes variadas, o que ocorre é que alguns escribas provavelmente tinham fontes rasuradas, com algum problema, e o que não foi possível copiar, ficou de fora, isso é percebido no Codex Sinaiticus, onde o escriba deixou um espaço em branco dando uma evidencia que a fonte dele estava com algum problema nessa parte, porém esses  versiculos faltantes estão em vários outros códices que provavelmente continham a informação na fonte usada, como o Alexandrinus,mas o importante nisso tudo é que esse trecho faltante em alguns códices não alteram em nada a mensagem bíblica pois a Bíblia como já foi dito, é toda interligada(um dos motivos inclusive para a identificação de apócrifos , ou seja, a mensagem desses textos do final de Marcos pode ser vistas em muitos outros versículos (caindo também por terra uma motivação para alteração),veja abaixo a relação:

Lucas 24:9-11 );  
Lucas 24:13-35 ); 
Lucas 24:36–43 , 
Jão 20:19–29 , 
1 Cor 15:5 ); 
Lucas 24:36-43 , 
1 Coríntios 15:05 ); 
Atos 1:8 ); 
Mateus 28:19 , Atos 1:8 ); 
Atos 2:38 , 16:31–33 ); 
Lucas 10:17 , 
Atos 5:16 , 8:7 
Atos 2:4 )
Lucas 10:19 ,
Atos 28:3–6 ); 
Lucas 10:19 , 
Atos 28:3-6 ); 
Marcos 5:23 , 
Atos 6:6 , 9:17 ,
Marcos 05:23 , 
Atos 06:06 , 09:17 
João 20:17 , 
Atos 1:2 , 1:9–11
João 20:17 
Atos 7:55   
Eph 1:20  
Col 3:1 
Rom 8:34 , , 
Col 3:01 
Atos 14:3 

___________________________________________________________________________________

CONCLUSÃO: Nâo há qualquer indício ou prova de adulteração ou de autoria composta de um mesmo livro na Bíblia. Os escribas escreveram em regiões diversas e utilizaram fontes diferentes e mesmo assim o conteúdo bíblico vem sido mantido com fidelidade ao longo de milhares de anos , parece difícil para alguns acreditarem mas essa é a realidade, como provam os achados arqueológicos.


Veja mais...

>

Aumente o tamanho para melhor leitura das legendas.



IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF