Religião é tudo igual?

Escultura "Cego Guiando Cego" - Alexander Taratynov
Crédito imagem:  K Bavisi


"Religião é Tudo igual"
Esse pensamento é muito espalhado por céticos, mas será verdade?  


Livros sagrados:

Bramanismo: Mahabharata
Cristianismo: Bíblia
Hinduísmo: Bagavadguitá
Islamismo: Alcorão
Judaísmo: Tanakh (Antigo Testamento na Bíblia)
Kardecismo: livros de Allan Kardec
Sikhismo: Guru Granth Sahib
Zoroastrismo: Zend Avesta
Fé Bahá'í: Kitáb-i-Aqdas 
Mórmons: Livro dos Mórmon
Taoísmo: Ta Te Ching


Resumo do conteúdo dos livros:

Bramanismo: Mahabharata: ( Leitura mitológica portadora de ensinamentos filosóficos, sem conexão histórica com a humanidade. Inexistência de profecias, inexistencia de testemunhas)

Hinduísmo: Bagavadguitá: ( Leitura mitológica portadora de ensinamentos filosóficos, sem conexão histórica com a humanidade, inexistência de profecias, inexistência de testemunhas)

Islamismo: Alcorão ( Conteúdo baseado em distorção de textos judaicos, distorce o pacto de Deus com Abraão; Inexistência de testemunhas em relação ao profeta da religião )

Judaísmo: Torá ( Antigo Testamento, ver Bíblia)

Kardecismo: livros de Allan Kardec (Distorce textos judaicos cristãos a seu favor, ensinamentos filosóficos, Inexistência de testemunhas e Profecias)

Sikhismo: Guru Granth Sahib ( conjunto de orações e hinos, inexistencia de testemunhas e profecias, mitos sem conexão com a humanidade.)

Zoroastrismo: Zend Avesta ( canções e canticos, leitura mitológica, inexistencia de profecias e testemunhas, sem conexão com a humanidade)

Livro do Mórmon  ( Distorção da Bíblia , inexistencia de profecias e testemunhas em relação ao profeta da religião)

Fé Bahá'í: Kitáb-i-Aqdas (Distorções, mistura que engloba várias religiões, inexistência de testemunhas e profecias)

Ta Te Ching:  (Ensinamentos filosóficos, inexistência de testemunhas e profecias) 

Cristianismo: Bíblia (Conjunto de documentos judaicos (Antigo e Novo Testamento), narrativa assumidamente histórica, relatos da conexão de Deus com a humanidade, achados arqueológicos, profecias, testemunhas.)
________________________________________________________________________

Conclusão: 

O Alcorão veio de Maomé. O livro dos Mórmons veio de Joseph Smith, Espiritismo ou Kardecismo dos livros de Allan Kardec. Mas a Bíblia é única, dentre os muitos livros sagrados do mundo. Não foi escrita por uma só pessoa. O Velho e o Novo Testamento foram escritos por 40 autores diferentes, provenientes da Ásia, África e Europa, num espaço de 1600 anos, é um volume de vários documentos históricos.

Os autores da Bíblia – mesmo em um período de tempo tão longo – transmitiram todos a mesma mensagem básica: o Deus que criou os céus e a terra providenciou uma maneira para que as pessoas pudessem conhecê-lo pessoalmente.
Crédito imagem:  el vacano
Além da autoria singular, os documentos da Bíblia também tem um  histórico de profecias objetivas que mais tarde foram cumpridas detalhadamente, as profecias são aproximadamente 30% da Bíblia e elas mantém uma coesão textual incrível interligando todos os livros, fato que não existe em nenhum outro livro, isso impede qualquer tipo de contradição ou acréscimos posteriores e prova conteúdo onisciente, que só pode vir de Deus. Por exemplo, vários profetas do Velho Testamento fizeram mais de 300 profecias específicas sobre a vinda do Messias, onde ele nasceria, onde cresceria etc. Elas foram todas perfeitamente cumpridas por Jesus Cristo centenas de anos depois. Essas e muitas outras profecias cumpridas mostram porque os escritores podiam escrever: “Assim diz o Senhor…” – eles estavam falando por Aquele que sabe “o fim desde o começo” (Isaías 46:10)

A arqueologia também repetida vezes confirma nomes de pessoas, reis, hábitos, governos, cidades e detalhes geográficos, contexto cultural,  exatamente como registrado no Velho e no Novo Testamentos. As descobertas mostram a confiabilidade da Bíblia como um relato histórico de suas testemunhas.
Também, comparada com outros escritos antigos, a Bíblia foi extraordinariamente preservada através do tempo. Comparado com somente sete manuscritos da obra de Platão, existem mais de 5 000 manuscritos do Novo Testamento.


É racional crer em Jesus Cristo?

Clique Aqui

IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF